Arquivo da tag: contos

Nossas distrações

tumblr_lmyfc1s3D11qcnxnao1_500_large

É bom ver que meu coração já não dispara quando te vejo, gosto de saber que seu sorriso já não tem efeito em mim. Agora já são novos tempos, preciso de coisas novas, e já tenho minha coisa nova. As pessoas são assim, se não tiver pensando em coisas que os deixam felizes já logo vem sofrimento em suas cabeças, e comigo não seria diferente.
Claro que nada se compara com uma vida boa, feliz e perfeita. Mas como isso não existe na vida real, temos que nos contentar com as ” distrações ” que temos para esquecer coisas ruins. Sim, eu tenho, e você também tem, sei que agora esta negando ou talvez procurando quem ou o que seria essa distração. Bom, as vezes é uma prova dificílima, outras um novo amor, outras ate a farra, balada, bebidas e coisas superficiais. O que seja, não importa, se funcionar já é o bastante.

Anúncios

Apenas uma comparação !

tumblr_ljcv2x48oa1qghe91o1_500

     Como se as aulas estivessem de volta, a última semana tem sido cansativa, vou dançar valsa no aniversário da minha amiga no sábado e na segunda já volta as aulas, e essa semana toda foi de ensaios e voou. Para piorar/melhorar com a correria ainda comecei a namorar! Ta isso é muito bom, mas ajudou a passar voando ainda mais, como estou aproveitando muito já que semana que vem já não vou poder ficar o vendo todos os dias estou aproveitando esses últimos dias de ferias. Bom, com as aulas voltando e minhas 4 notas vermelhas no primeiro semestre a partir de segunda preciso estudar bastante, e meus horários estão um pouco apertados (já falei sobre isso em um post aqui) e como não devo dar conta da escola, do blog e da academia, todos juntos todos os dias abri mão de minhas conversas em sala de aula para prestar atenção e aprender, fazendo assim não irei precisar de estudar em casa.

     Mas não é para isso que vim aqui, na verdade queria falar sobre esse negócio de namorar, no meu caso, pela segunda vez. Vim falar das diferenças que percebi e ainda estou percebendo. Nos nunca nos cansamos de reclamar do cara, ate que chega em um momento em que não vemos do que reclamar, então, estou assim. Antes, com o primeiro, reclamava de tudo (Mas perai, ele me dava motivos ta! hahaha) e agora não vejo do que falar, como as pessoas são realmente diferentes. Enquanto algumas pessoas jogam sua felicidade fora, deixa o motivo de sua felicidade (ou não) ir embora, outras fazem de tudo para agradar, trata bem e valoriza.
Cheguei a uma conclusão básica que pretendo levar para toda a vida, realmente, só quem valoriza, merece. 

Não sei se deveria ter escrito isso

tumblr_static_tumblr_mf92g38x4t1rab502o1_500

Não sei se esta na hora de escrever para você, ou sobre você. Tenho um medo idiota de você por acaso entre aqui, no meu refugio, e veja o que penso de você, o que sinto e não demonstro, o que quero e não falo. Eu deveria ser mais aberta, acho que isso esta ligada a minha péssima dificuldade de fazer amigos/confiar nas pessoas.
Estou sempre achando que esta cedo demais, rápido demais. E com você não é diferente, não sei se devia estar digitando isso agora, é como se fosse um crime, sabe? Falar de você assim, sem você saber. Acho que deveria pedir permissão.
Você sabe da existência desse blog, mas nunca quis ver, por sorte minha. Não sei se te mostraria, ainda mais agora, que estou aqui, escrevendo de você para quem quiser ler! Ta, agora deu um medinho de novo. Sempre que penso assim fico louca! Não sei o que você ira pensar se descobrir que falo sobre o que sinto ao seu respeito aqui, publicamente, para essas cercas de 10 visualizações que o blog tem por dia. Pouca gente para os outros, mas são muitas para mim, assim como você, pode ser apenas mais alguém para outras pessoas, mas você sabe que para mim não. Para mim você é muito especial. Mas afinal, como chegamos nesse assunto mesmo? Aff odeio me perder nos textos, ainda mais nesse, que nem mesmo para que comecei.